| Em 05/06/2018

Fapeap lança Chamada Pública nº 002/2018 Pronem/CNPq

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amapá – Fapeap lançou no último dia 01 de junho de 2018, a Chamada Pública no002/2018, no âmbito do Programa de Apoio a Núcleos Emergentes de Pesquisa que será executado no Estado do Amapá por meio de um Convênio entre o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq e o Governo do Estado do Amapá através da Fapeap.

O Programa visa apoiar a execução de projetos de pesquisa de grupos emergentes que permitirá a consolidação de linhas de pesquisa prioritárias, induzindo a formação de novos núcleos de excelência, visando dar suporte financeiro aos trabalhos dos referidos grupos de pesquisas, vinculados a instituições de ensino superior e/ou pesquisa públicas, sediadas no Estado do Amapá, e com atuação nas diversas áreas do conhecimento. Os Núcleos a serem apoiados devem ser coordenados por pesquisadores de reputação técnico-científica reconhecida e devem estar organizados para desenvolver projetos de pesquisa científica, tecnológica e de inovação que possam contribuir significativamente para o avanço e difusão do conhecimento no Estado e Região. Os pesquisadores proponentes (Coordenadores) não podem participar de mais de uma proposta de Núcleo, tampouco poderão ser Coordenadores de projetos dos Programas dos Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia – INCT´s, e do Programa de Apoio a Núcleos de Excelência – Pronex, vigentes à época da contratação dos projetos.

O investimento total será na ordem R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais), e o valor solicitado deverá ser enquadrado conforme as seguintes categorias: Faixa A: Prioritariamente para projetos da área de ciências experimentais.  As propostas submetidas nesta faixa poderão solicitar recursos financeiros de até R$ 100.000,00 (cem mil reais) e Faixa B Prioritariamente para projetos da área de ciências não-experimentais.  As propostas submetidas nesta faixa poderão solicitar recursos financeiros de até 50.000,00 (cinquenta mil reais).

A vigência dos projetos aprovados e contratados será de até 36 (trinte e seis) meses, contados a partir da data de assinatura do Termo de Outorga de Auxílio Financeiro pelo pesquisador proponente (coordenador) contemplado. Veja mais em: https://fapeap.portal.ap.gov.br/chamadas.php#Abertas.

Fonte: Fapeap.