Fapeg divulga resultado da Chamada Pública de subvenção a Startups

Vinte e cinco propostas foram selecionadas pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg) dentro da Chamada Pública 08/2017 para Apoio à Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Empresas Emergentes de Base Tecnológica – Ideia Inovadora (Startups). O resultado final foi publicado no site da Fapeg nesta quarta-feira, dia 18 de abril. Nestes projetos aprovados, a Fapeg vai investir aproximadamente R$ 2,2 milhões, sendo um aporte de até R$ 55 mil para o Microempreendedor Individual (MEI) e de até R$ 105 mil para Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte. A partir do dia 23 de abril, a Fapeg dará início à assinatura dos contratos. O prazo de execução do projeto de fomento é de até 18 meses.

Estes recursos a serem aplicados nos projetos são de subvenção econômica, um instrumento de política de governo que aplica recursos públicos não reembolsáveis (não precisam ser devolvidos pelos empreendedores) diretamente em empresas, para compartilhar com elas os custos e riscos inerentes a tais atividades, pois são empresas pequenas e emergentes com pouco capital que apresentam um empreendimento inovador, com potencial de crescimento, mas que se traduz em um negócio de risco, já que, na maioria das vezes, ninguém testou a ideia antes para ver se dava certo.

O objetivo da chamada pública lançada pela Fapeg é fomentar novas ideias para que sejam transformadas em empreendimentos com modelo de negócio inovador e fortalecer assim o ecossistema de inovação do Estado de Goiás. Conforme o edital, o recurso será liberado conforme cronograma de trabalho aprovado e a disponibilidade orçamentária do Estado.

A Chamada Pública nº 08/2017 – Apoio à Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Empresas Emergentes de Base Tecnológica (Startups) foi lançada com recursos próprios da Fapeg, no dia 20 de dezembro de 2017.  Foi o primeiro edital lançado pela Fundação para este segmento com o objetivo de apoiar, prioritariamente, projetos de desenvolvimento de produtos (bens e serviços) ou de processos inovadores e transformá-los em empreendimentos potencialmente sustentáveis e que incorporem novas tecnologias, em setores econômicos ou sociais para o estado de Goiás.

Como parte do processo, a Fapeg promoveu preliminarmente, workshop destinado aos interessados em participar do edital com o objetivo de orientar sobre a elaboração das propostas, apresentação de cases de sucesso e de questões de legislação pertinentes à área e para tirar dúvidas dos candidatos. Já o processo seletivo foi dividido em duas etapas. Na primeira foram selecionadas 102 propostas, cujos proponentes aprovados passaram por um curso de capacitação gratuito, oferecido pela parceria Fapeg/Sebrae, para a elaboração do projeto de fomento exigido na etapa 2 do edital.

Assessoria de Comunicação Social da Fapeg.

Tags: