| Em 12/07/2019

Faperj anuncia o lançamento de três programas de fomento à pesquisa

A Faperj anunciou nesta quinta-feira, dia 11 de julho, a abertura das chamadas APQ 1 (Auxílio à Pesquisa), ARC (Auxílio ao Pesquisador Recém-Contratado) e Apoio a Projetos Temáticos no Estado do Rio de Janeiro. Lançado anteriormente na forma de edital, este último passa agora a fazer parte do programa regular de fomento à pesquisa da Fundação. O investimento total na pesquisa fluminense é superior a R$ 50 milhões. O prazo para a submissão de projetos vai até 26 de agosto para o APQ 1 e 26 de setembro para os demais.

“Com o lançamento destes editais, a Faperj espera contemplar cientistas em diversos estágios da carreira, os recém-contratados (ARC), pesquisadores em geral (APQ 1) e aqueles pertencentes a grupos bem estabelecidos (Temáticos), e iniciar a retomada do financiamento das atividades de pesquisa que foram bastante prejudicadas com a falta de investimento regular”, disse a diretora Científica da Faperj , Eliete Bouskela.

Programa de Apoio a Projetos Temáticos no Estado do Rio de Janeiro

O programa de Apoio a Projetos Temáticos tem como proposta incentivar projetos audaciosos e originais desenvolvidos por um ou mais grupos de pesquisadores de excelência, visando a obtenção de resultados científicos relevantes e de alto impacto. Anteriormente lançado sob a forma de edital, a modalidade agora se integra ao programa básico da Faperj , sob a forma de chamada. Os recursos aplicados se destinam, prioritariamente, a atender às demandas de custeio. Além de novos projetos, nesta chamada podem se candidatar propostas aprovadas e outorgadas no Edital Faperj nº 03/2015 – Apoio a Projetos Temáticos no Estado do Rio de Janeiro, que não receberam os devidos recursos.

Os recursos alocados para financiamento do edital são de até R$ 45,5 milhões, definidos na Programação Orçamentária da Faperj , a serem pagos em duas ou mais parcelas.

O prazo para a execução de cada projeto é de no máximo 36 meses, contados a partir da liberação da primeira parcela dos recursos. Nesta chamada a Faperj espera uma grande competividade entre as propostas submetidas, tendo em vista a excelência dos grupos de pesquisadores do estado do Rio de Janeiro.

Auxílio à Pesquisa (APQ 1)

A modalidade mais universal de apoio à pesquisa científica, essa chamada faz parte de um conjunto de Programas Básicos da Faperj que se destina a apoiar o desenvolvimento de projetos de pesquisa individuais, conduzidos por pesquisadores qualificados e com grau de doutor ou equivalente. O proponente deve possuir um vínculo empregatício ou estatutário com instituição de ensino e pesquisa sediada no Estado do Rio de Janeiro. Nesse programa os pesquisadores serão avaliados individualmente quanto ao seu currículo, mérito do projeto e a adequação do orçamento as metas do projeto proposto. Como se trata de um apoio básico, Cientistas do Nosso Estado e Jovens Cientistas do Nosso Estado com bolsa vigente não podem concorrer nessa chamada. Para avaliação das propostas apresentadas será instituído um Comitê Especial de Julgamento.

Nessa chamada, a Faperj  disponibilizará R$ 8 milhões em recursos para financiamento podendo ser incluídos recursos adicionais, a critério da Presidência da Fundação, dependendo da disponibilidade orçamentária. O valor máximo de cada solicitação individual é de R$ 60 mil.

Auxílio ao Pesquisador Recém-Contratado (ARC)

O programa institucional auxílio ao Pesquisador Recém-Contratado, conhecido como ARC, é uma modalidade do Programa Básico da Faperj  destinada a dar suporte às atividades de pesquisa e produção científica de pesquisadores doutores recém-contratados. A Faperj  entende que os pesquisadores recém-contratados precisam de apoio imediato para que possam se estabelecer e se tornarem grupos de pesquisa com produção científica na fronteira do conhecimento. O proponente deve possuir um vínculo empregatício com instituição de ensino e pesquisa sediada no Estado do Rio de Janeiro a não mais do que cinco anos. Nesse programa os pesquisadores serão avaliados individualmente quanto ao seu currículo, mérito do projeto e a adequação do orçamento às metas do projeto proposto, dentre outros. Como se trata de um apoio básico, Cientistas do Nosso Estado, Jovens Cientistas do Nosso Estado e contemplados com APQ 1 vigentes não podem concorrer nessa chamada.

Para essa chamada serão concedidos recursos de até R$ 40 mil para cada projeto aprovado.

Confira o conteúdo completo dos editais nos links abaixo:

Programa de Apoio a Projetos Temáticos no Estado do Rio de Janeiro

Auxílio à Pesquisa (APQ 1)

Auxílio ao Pesquisador Recém-Contratado ARC

Fonte: Comunicação Faperj.