Fapesp e NWO financiarão pesquisas em restauração de ecossistemas

A Fapesp e a Organização Holandesa para a Pesquisa Científica (NWO) lançaram nova chamada de propostas para a seleção e financiamento de pesquisas colaborativas.

“Restauração de ecossistemas” é o tema da chamada, que tem a Mata Atlântica brasileira como estudo de caso. Os projetos deverão se concentrar em serviços ecossistêmicos, uso de paisagem multifuncional e biodiversidade, com o objetivo final de contribuir para a efetiva restauração e uso sustentável da Mata Atlântica.

Propostas devem ser escritas em conjunto por pesquisadores associados a instituições de ensino superior ou de pesquisa no Estado de São Paulo e, na Holanda, por pesquisadores de universidades ou institutos de pesquisas holandeses elegíveis para financiamento pela NWO.

Espera-se que as atividades de pesquisa sejam conduzidas nos dois lados – inclusive com o intercâmbio de pesquisadores – e que os projetos e as contribuições intelectuais sejam equivalentes entre o Estado de São Paulo e a Holanda.

As propostas deverão ser de parcerias balanceadas, não especificamente em termos monetários, mas com compromisso e esforços em pesquisa equivalentes nos dois lados.

Pesquisadores elegíveis no Estado de São Paulo deverão seguir as normas das modalidades Auxílio à Pesquisa – Regular, Auxílio à Pesquisa – Projetos Temáticos ou Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes.

Antes de elaborar seus projetos, os pesquisadores deverão consultar a Fapesp quanto à elegibilidade para apoio nos termos das modalidades descritas acima. As consultas de elegibilidade serão recebidas até 15 de agosto de 2018. Apenas pesquisadores considerados elegíveis poderão submeter propostas.

A data-limite para submissão das propostas é 15 de setembro. A chamada de propostas está publicada em: www.fapesp.br/11822.

Fonte: Agência Fapesp.

Tags: