| Em 28/11/2019

Fapesq divulga Resultado Preliminar das 100 ideias aprovadas para a Fase III do Centelha-PB

O Governo do Estado da Paraíba, por meio da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia e Fundação de Apoio à Pesquisa da Paraíba (Fapesq), torna de conhecimento público o resultado preliminar com as 100 ideias aprovadas para a fase III do Programa Centelha Paraíba. Os coordenadores dos projetos têm até o dia 6 de dezembro para entrar com recurso. O Resultado Final da Fase II deverá ser divulgado no dia 16 de dezembro. Na segunda fase os selecionados elaboraram um projeto de empreendimento, detalhando o plano de negócio executivo com o objetivo de demonstrar as chances da ideia gerar um bom negócio.

A terceira fase consiste no desenvolvimento de um projeto de fomento, com apresentação detalhada do orçamento e do planejamento de execução do projeto. Ao longo de todas as etapas são oferecidas capacitações para auxiliar o empreendedor a aprimorar sua ideia e desenvolver seu negócio. Ao final, até 28 projetos serão contemplados, cada um com até R$ 60 mil em subvenção econômica, além de outros benefícios oferecidos por parceiros do programa. Ainda, durante seis meses, essas empresas passarão por um processo de pré-incubação com suporte e capacitação para transformar suas ideias em negócios de sucesso. O resultado preliminar está previsto para sair no dia 4/3 e o resultado final sairá no dia 26/3/2020.

O Programa é promovido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), operada pela Fundação CERTI e executada na Paraíba pela Secretaria de Estado da Educação, Ciência e Tecnologia (SEECT) e Fundação de Apoio à Pesquisa (Fapesq). Serão investidos na Paraíba recursos na ordem de aproximadamente R$ 1,7 milhão, sendo 570 mil de contrapartida do Estado.

O Programa Centelha visa estimular a criação de empreendimentos inovadores, a partir da geração de novas ideias, e disseminar a cultura do empreendedorismo inovador em todo território nacional, incentivando a mobilização e a articulação institucional dos atores nos ecossistemas locais, estaduais e regionais de inovação do país.

Veja o Resultado Preliminar da Fase II no portal Fapesq (www.fapesq.rpp.br)

Fonte: Comunicação Fapesq.