| Em 08/08/2019

Instituições oficializam lançamento do Conecti

Foto: CCS / Capes.

Com assinatura de um Acordo de Cooperação na última quarta-feira, dia 7 de agosto, durante solenidade na sede da Capes, as instituições que compõem o Conecti Brasil oficializaram o lançamento do Consórcio Nacional em Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação que vem unificar e padronizar os dados da pesquisa, facilitando o processo e a transparência dos envolvidos.

Os benefícios do Conecti envolvem toda a comunidade acadêmica. Conforme afirmou Anderson Correia, presidente da CAPES, “em termos práticos, ele dará maior visibilidade aos pesquisadores, tanto nacional, quanto internacionalmente. A Capes, o CNPq e todas as fundações de pesquisa do Brasil, suas pesquisas, publicações, recursos e equipamentos”.

“Hoje, o pesquisador no Brasil tem que entrar em diversos sistemas. De gestão, de pesquisa, de fomento, de identificação, do currículo… e tem que colocar a própria informação de várias formas e em momentos diferentes”, exemplificou Pilar de Almeida, da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP). “A integração dos sistemas de informação dessas instituições otimiza e muito o tempo do pesquisador e a confiabilidade das informações”, concluiu.

Conforme comenta o presidente do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), Evaldo Vilela, a reunião desses dados possibilitará maior acerto na tomada de decisões para o avanço do fomento à pesquisa nos Estados. “Trabalhando com dados, é muito importante ter uma uniformização para que haja a possibilidade de uma análise maior, o que hoje na sociedade digital é absolutamente importante”, salientou.

Também participou da solenidade a ex-presidente do Confap e atual diretora do Departamento de Infraestrutura de Pesquisa e Políticas de Formação e Educação em Ciência do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Maria Zaira Turchi. Ela foi uma das responsáveis pelo início das tratativas para mobilização das instituições envolvidas.

Ações em andamento
Atualmente, o Conecti já tem ações em andamento, como o projeto de semântica para padronização dos dados e o uso o Orcid, o identificador persistente para pesquisadores que garante a correta identificação do nome da pessoa com os seus produtos.

“O Orcid já está disponível no site da Capes, para o acesso aos sistemas da CAPES e também no Lattes, do CNPq”, contou Talita Oliveira, coordenadora geral de Atividades de Apoio à Pós-Graduação da Capes. “É importante que o pesquisador informe o seu Orcid quando for submeter o artigo e informe também esse número dentro dos sistemas da Capes, do CNPq, porque esse é o primeiro passo para que depois a gente consiga recuperar automaticamente as informações”, destacou.

Instituições do Conecti
O Conecti é composto pela Capes, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict), o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e a Biblioteca Eletrônica Científica Online (Scielo).

Fonte: Redação CCS/Capes, com acréscimos.