| Em 05/12/2019

Alunos de escolas públicas expõem pesquisas em mostra da Fapes em Colatina

O evento contou com a apresentação de 12 pesquisas desenvolvidas nos campi do Ifes em Itapina e Santa Teresa durante o ano de 2019.

Mais de 70 estudantes de escolas públicas de Colatina e Santa Teresa apresentaram, na última quarta-feira (27), os resultados das pesquisas realizadas dentro do Programa de Iniciação Científica Júnior (PIC Jr.) – Pesquisador do Futuro, coordenado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes). A mostra científica foi realizada no campus do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) em Itapina.

Os alunos estão matriculados em séries dos ensinos Fundamental e Médio e desenvolveram os projetos durante todo o ano de 2019. O evento contou com a apresentação de 12 pesquisas que tratam de temas como desenvolvimento de fertilizantes, educação especial e inclusiva, desenvolvimento de protótipos e análise ambiental de metais pesados.

Já de olho na graduação em Agronomia, o aluno do 2º ano do Ensino Médio do Ifes de Itapina, Deivison Casagrande, de 17 anos, participou da pesquisa sobre o uso de veículos aéreos não tripulados (vant) no mapeamento de áreas agrícolas.

“Já sou muito ligado à agropecuária, mas nunca tinha trabalhado com esse tipo de equipamento. Foi muito interessante participar do projeto porque vemos a tecnologia ficando mais acessível e impactando a vida do agricultor”, afirmou o estudante.

Outro aluno que pretende seguir uma carreira profissional afim à área do projeto realizado é Thiago José Barbosa Varniér, de 18 anos. Cursando o 3º ano do Ensino Médio, ele participou da pesquisa sobre controle biológico de insetos e doenças fúngicas no cultivo de crisântemo.

“Com a realização da pesquisa, pudemos perceber que ‘roça’ não é somente fazer a plantação e depois colher, porque desenvolvemos uma visão científica sobre o assunto. Como tivemos bons resultados, é possível incentivar produtores rurais a replicar a técnica nas suas propriedades”, considerou.

Os trabalhos foram selecionados pelo Edital Fapes nº 13/2018 e são realizados em parceria com uma universidade ou faculdade, que tem como papel monitorar as pesquisas. Os professores da escola atuam como tutores e auxiliam a execução das atividades em sala de aula e o desenvolvimento do tema trabalhado com os alunos.

Projetos

– Levantamento de ácaros edáficos (mesostigmata: laelapidade) no Espírito Santo com potencial de predação de tripes (thysanoptera: thripidae) em sistemas hidropônicos;

– Utilização de farelo de semente de maracujá na alimentação de leitões na fase de creche;

– Avaliação do efeito da iluminação no desempenho, bem-estar e custo de produção de frangos de corte criados no Noroeste Capixaba;

– Determinação de indicadores de perdas de produtividade por estresse nutricional através de imagens de veículo aéreo não tripulado (vant) no feijoeiro;

– Implantação e acompanhamento de uma aquaponia experimental, com ênfase na avaliação de substratos utilizados no filtro biológico;

– Desenvolvimento de um protótipo revolvedor mecânico de café conilon para terreiro;

– Avaliação de danos e controle biológico de tripes (Thysanoptera: Thripidae) e avaliação de severidade de doenças fúngicas em diferentes condições de cultivo de crisântemo;

– Tratamentos pré germinativos na germinação e desenvolvimento inicial de plântulas de seis espécies nativas da mata atlântica;

– Análise ambiental de metais pesados e sua correlação com o estresse oxidativo em amostras vegetais das margens do Rio Doce no município de Colatina – ES. Um estudo após o rompimento da barragem de Fundão – MG;

– Desempenho reprodutivo de ovelhas e desenvolvimento de cordeiros mediante substituição dietética de milho por resíduo de biscoito doce;

– Educação especial na perspectiva da educação inclusiva: Atendimento Educacional Especializado no Instituto Federal do Espírito Santo Campus Itapina;

– Desenvolvimento de Fertilizantes Corretivos com Capacidade de Reestruturação do Solo e Avaliação do Desenvolvimento da Brachiaria decumbens.

Fonte: Comunicação Fapes