| Em 01/10/2019

Cidadania e CNPq lançam chamada pública para seleção de pesquisadores

O Ministério da Cidadania (MC) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) estão selecionando pesquisadores para desenvolverem estudos sobre as políticas públicas na área da Cidadania.

Chamada Pública nº 30/2019 – Estudos e Pesquisa em Avaliação de Políticas Sociais foi publicada no dia 12 de setembro. Foram disponibilizados aproximadamente R$ 3 milhões para a realização dos projetos, que deverão estar vinculados a uma das oito linhas temáticas descritas no Anexo I da chamada pública. Incluem a qualificação da base do Cadastro Único, apoio ao monitoramento de políticas sociais, avaliação de impacto de programa de microcrédito, entre outros.

Fique atento! As propostas deverão observar todas as especificações disponíveis no Anexo I da Chamada Pública, especialmente quanto aos resultados, prazos de entrega, vigência e valores.

O prazo para encaminhamento das propostas vai até o dia 29 de outubro, exclusivamente via internet, por meio do Formulário de Propostas online, disponível na Plataforma Carlos Chagas. O formulário deverá ser preenchido com a identificação da proposta, os dados do proponente e das instituições participantes, áreas do conhecimento, orçamento, dados do projeto e relevância. Mais informações estão disponíveis no Edital da Chamada Pública.

A seleção dos pesquisadores será realizada pelo CNPq, sendo que estes deverão ser vinculados a instituições de produção científica, tecnológica e de inovação.

Também está aberta a Chamada CNPq/Ministério da Cidadania Nº 20/2019 – Desenvolvimento de Cursos de Capacitação para Agentes de Políticas Sociais, que tem por objetivo selecionar propostas para apoio financeiro a projetos que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico e tecnológico do país. As propostas devem observar as condições específicas estabelecidas na parte II – Regulamento, anexo a esta chamada pública, que determina os requisitos relativos ao proponente, cronograma, recursos financeiros a serem aplicados nas propostas aprovadas, origem dos recursos, itens financiáveis, prazo para execução dos projetos, critérios de elegibilidade, critérios e parâmetros objetivos de julgamento e demais informações necessárias. O prazo para submissão é até o dia 25 de outubro.