| Em 10/06/2020

Edital Tecnova II/RS seleciona projetos de inovação tecnológica e específicos de enfrentamento à pandemia

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (FAPERGS), vinculada à Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia – SICT, lançou em 1º de junho, o Edital de Subvenção Tecnova II/RS, com o objetivo de apoiar, por meio da concessão de recursos de subvenção econômica (não reembolsáveis), o desenvolvimento de produtos (bens ou serviços) e/ou processos inovadores, promovendo, assim, um aumento das atividades de inovação e incremento da competitividade das empresas do RS.

O edital destina-se a empresas com sede e administração no RS que tenham obtido receita bruta no último exercício igual ou inferior a R$ 16 milhões. Os parceiros do programa são FINEP/MCTIC, SEBRAE, Badesul, Secretaria Estadual de Inovação, Ciência e Tecnologia do RS (SICT) e Rede Gaúcha de Ambientes de Inovação (REGINP).

Lançamento do Edital Tecnova II

O secretário da SICT, Luís Lamb, abriu a live de lançamento do edital Tecnova falando sobre a relevância desta iniciativa. “O que mais o Brasil precisa é a transformação do conhecimento de base tecnológica para que haja desenvolvimento. Precisamos olhar para frente, em meio a tudo o que está acontecendo. O Tecnova é fundamental por contemplar a inovação tecnológica”, disse ele.

O diretor presidente da FAPERGS, Odir Dellagostin, destacou a importância das parcerias para viabilizar este edital e fez a apresentação de como será a operação do programa. Reforçou que se trata de uma ferramenta para o desenvolvimento. “A inovação é a mola propulsora do desenvolvimento, faço minhas as palavras do secretário Lamb”, falou Odir.

Representando o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC), o secretário Paulo Alvim, anunciou que estes ditais como o Centelha e o Tecnova são a dupla dinâmica da inovação e buscam atender às necessidades dos Estados. O êxito nas parcerias e nos resultados dos primeiros editais está refletindo em novas edições que em breve serão divulgadas, comentou Alvim.

A Finep contou com a participação do diretor da Diretoria de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, Marcelo Bortolini. Ele salientou que a Finep há mais de cinquenta anos busca impulsionar o desenvolvimento baseado em inovação tecnológica. “E agora percebemos, que é preciso incentivar o empreendedorismo, o Tecnova vem com este propósito”, reforçou Marcelo.

A presidente do Badesul, Jeanette Lontra, destacou a importância do investimento. “O Badesul, visando o desenvolvimento e progresso do Rio Grande do Sul está sempre apoiando o financiamento à inovação e projetos ligados ao segmento. O Tecnova, do qual fazemos parte, é mais uma importante opção de captação de recursos para o empreendedor que possui ideias inovadoras e quer desenvolvê-las”, mencionou Jeanette. E o vice-presidente José Claúdio, reforçou que o fomento ao desenvolvimento passa necessariamente pela inovação.

O diretor técnico do Sebrae RS, Ayrton Pinto Ramos, falou da importância do Tecnova para as micro e pequenas empresas. “Com este edital, vamos promover o desenvolvimento tecnológico de MPEs gaúchas, fomentando iniciativas de base tecnológica, agregando valor e competitividade”, ressaltou Ayrton.

O diretor da Reginp, Artur Gibbon, manifestou que a Reginp é parceira para disseminar este programa entre os seus mais de quarenta associados, fortalecendo ainda mais a matriz produtiva do Estado.

Propostas para o enfrentamento da Covid-19

Na primeira etapa, serão analisadas as propostas voltadas a ações de enfrentamento à pandemia da Covid-19, dentro dos temas priorizados: Agronegócio, Mobilidade Urbana, Segurança, Energia, Logística e Transporte, TIC, Meio Ambiente, Saúde e Educação.

Os projetos com foco no enfrentamento à pandemia deverão ser inscritos até o dia 12 de junho e o edital prevê a destinação de R$ 1.251.000,00, do total de R$ 8.340.000,00, para este tema. Esses projetos terão um prazo de 10 meses para sua execução.

Propostas gerais

As demais propostas poderão ser inscritas até 17 de julho de 2020. Em ambos os casos, o valor mínimo a ser solicitado é de R$ 100 mil até o máximo de R$ 300 mil.

Os interessados devem efetuar sua inscrição no SigFapergs: sig.fapergs.rs.gov.br.

Clique aqui e acesse o Edital do Tecnova II/RS.

Acompanhe o programa pelo Hotsite: www.tecnova.rs.gov.br

 

Fonte: FAPERGS (Texto: Márcia Iracét Borges – com adaptações)

 

> Siga o Confap nas Redes Sociais:    FACEBOOK   /   LINKEDIN   /   TWITTER    /    INSTAGRAM