| Em 13/01/2020

Fapes lança edital de R$ 10 milhões para apoiar inovações em empresas e spin-offs

As propostas podem receber até R$ 300 mil para desenvolver soluções de renovação do segmento, criação de produtos e prospecção de mercados.

 

As empresas sediadas em território capixaba terão a oportunidade de desenvolver produtos ou processos inovadores, com o apoio da chamada pública lançada pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes). Os recursos financeiros são de R$ 10,2 milhões, transferidos da Mobilização Capixaba pela Inovação (MCI) ao Fundo de Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Funcitec/MCI).

O objetivo do Edital Fapes nº 01/2020 – Apoio a Projetos Inovadores e Spin-Off  é conceder recursos não reembolsáveis, por meio de subvenção econômica, para o desenvolvimento de produtos, bens, serviços ou processos inovadores em empresas capixabas. Também visa a estimular o surgimento e fortalecimento de novas empresas derivadas, as spin-offs.

Para o diretor-presidente da Fapes, Denio Rebello Arantes, esta é uma grande oportunidade para o incremento tecnológico na iniciativa privada capixaba. “O trabalho realizado na Fapes é uma forma de estimular a economia do Espírito Santo para torná-la mais dinâmica. Esperamos apoiar projetos que visem ao aumento das atividades de inovação e competitividade de empresas capixabas, dinamizando e incrementando a economia do Espírito Santo”, ressaltou Arantes.

Os projetos devem estar inseridos nas seguintes modalidades:

– Projetos Empresariais Inovadores:

Voltada a projetos inovadores em empresas já constituídas para as quais serão destinados R$ 7,2 milhões. A proposta poderá ser contemplada com até R$ 300 mil e o proponente deverá aportar uma contrapartida de 10% a 30%. É necessário que faça parte da equipe um pesquisador vinculado a alguma Instituição Científica, Tecnológica e de Inovação (ICT).

– Projetos Empresariais Inovadores Desenvolvidos em Spin-Offs:

A segunda é voltada a projetos empresariais inovadores em empresas derivadas, as spin-offs empresariais, para as quais serão destinados até R$ 3 milhões. A proposta poderá ser contemplada com até R$ 150 mil e o proponente deverá aportar uma contrapartida de 10% a 30%. É necessário que a spin-off esteja vinculada a uma incubadora sediada no Espírito Santo.

Os representantes de empresas interessados em participar da chamada pública devem submeter suas propostas no Sistema de Gestão da Fapes (SigFapes) até o dia 31 de março de 2020.

SERVIÇO:
Edital Fapes nº 01/2020 – Apoio a Projetos Inovadores e Spin-Off
Inscrições até 31 de março de 2020.
Submissão de proposta pelo SigFapes

 

Fonte: FAPES (Texto: Mike Figueiredo)