| Em 08/04/2020

Fapesq anuncia na Paraíba chamada de R$ 1 milhão para propostas de monitoramento, análise e recomendações diante da pandemia de COVID-19

 

O edital contempla propostas de rápida implementação.

A Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba – FAPESQ, em parceria com a Secretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia da Paraíba – SEECT, lança chamada de R$ 1 milhão e convida a comunidade acadêmica paraibana a apresentar propostas de Monitoramento, Análise e Recomendações para rápida implementação diante da Pandemia de COVID-19 no Estado da Paraíba. As inscrições estão abertas e serão realizadas até às 18h, do dia 16 de abril de 2020.

O Edital tem o objetivo de contribuir para a rápida implementação de soluções de monitoramento, análise e recomendações frente à pandemia do COVID-19, as quais tem acometido a sociedade paraibana, fomentando a pesquisa socialmente referenciada, a ser realizada em concomitância ao alastramento da pandemia, adotando metodologias a fim de monitorar, avaliar, mapear e elaborar análise crítica, considerando as desigualdades quanto à prevenção, propagação, adoecimento e consequências econômicas e sociais do Estado da Paraíba.

Temas de Interesse 

Os tópicos de pesquisa de interesse incluem os descritos a seguir:

-Desenvolvimento de testes diagnósticos clínicos sensíveis, específicos, rápidos e de custo competitivo para COVID-19.

-Desenvolvimento de ventiladores pulmonares portáteis de baixo custo;

-Desenvolvimento de produtos antivirais ou outros produtos que possam servir como terapia de apoio, ou para diagnóstico e prevenção da doença.

-Desenvolvimento de aplicativos baseado em pesquisas que contribuam para a compreensão e influência do comportamento – para as instituições públicas e locais de trabalho – para facilitar a contenção e minimizar comportamentos contraproducentes (inclui pesquisa baseada em georreferenciamento e dados sociais para investigar e mapear zonas de risco nas grandes cidades).

Na proposta de pesquisa apresentada por cada equipe que concorrerá neste Edital, deverá ser apresentado um detalhamento da metodologia a ser utilizada. As propostas que tiverem como objetivo apresentarem produtos a sua produção e/ou reprodução devem ter possibilidade de ser escalonadas.

Além do monitoramento e análise crítica dos resultados, solicita-se recomendações para governos, políticas públicas, sociedade civil e empresas para redução das desigualdades e vulnerabilidades, ampliação do atendimento universal e fortalecimento do sistema no momento presente e para novos surtos e pandemias similares.

Recomenda-se também avaliar os impactos locais das medidas adotadas pelo governo, pesquisar e comparar territórios com diferentes perfis demográficos, econômicos e socioambientais dentro do Estado da Paraíba, – cujas desigualdades são extremas –, caracterizando-os segundo sua exposição ao risco, à vulnerabilidade e à violação de direitos.

O pesquisador principal deve ser professor efetivo de qualquer Instituição de Ensino Superior pública, ser professor doutor, ter seu currículo cadastrado na Plataforma Lattes atualizado, ter um registro ORCID atualizado e ser membro de um dos Grupos de Pesquisa cadastrado no CNPq ou Observatórios que comporão a equipe. Cada coordenador poderá submeter uma única proposta. É permitido e desejável que mais de um grupo de Pesquisa atuem em conjunto, fortalecendo a dimensão interdisciplinar do proponente. Cada proposta poderá solicitar até o valor máximo de R$ 200 mil. A execução dos projetos de pesquisa deve ser de até nove meses. A inscrição online deverá ser realizada no endereço sigfapesq.ledes.net.

Em virtude da pandemia do COVID-19, esclarecimentos e informações adicionais acerca deste Edital podem ser obtidos EXCLUSIVAMENTE pelo endereço eletrônico programas-projetos@fapesq.rpp.br no horário de segundas às quintas-feiras, das 8h às 12h e das 13h30 às 16h30; sextas-feiras das 8h às 13h.

A divulgação dos resultados preliminar e final estará disponível no site da Fapesq (www.fapesq.rpp.br), até o dia 29 de abril de 2020. O resultado final será divulgado no Diário Oficial do Estado da Paraíba.

 

Fonte: FAPESQ

 

> Siga o Confap nas Redes Sociais:    FACEBOOK   /   LINKEDIN   /   TWITTER    /    INSTAGRAM