Em 04/12/2019

Em sua 5ª edição, Programa Startup Rio avança por cidades do Interior

Nesta edição, serão selecionados até 240 propostas. Pela primeira vez, além da capital fluminense e das cidades de Petrópolis e Barra Mansa, locais de execução que já haviam sido incluídos na edição anterior do programa, na presente edição os proponentes poderão selecionar como local de execução as cidades de Macaé, Paracambi, Engenheiro Paulo de Frontin, Campos dos Goytacazes, Mangaratiba, Mesquita, e Nova Iguaçu. Uma iniciativa conjunta da Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e da FAPERJ, o programa contará com um total de R$ 6 milhões para investimentos nas suas diferentes estapas.

Em 25/11/2019

Faperj lança 3 editais de apoio ao desenvolvimento das atividades científicas e tecnológicas da Uezo

Os recursos são oriundos da própria Uezo e representam um investimento de R$ 4 milhões na promoção de desenvolvimento da infraestrutura de pesquisa, na recuperação e modernização de acervos e centros de memória, assim como no incremento na difusão e popularização de ciência e tecnologia na instituição.

Em 20/11/2019

Faperj anuncia chamada de apoio a ‘Doutor Empreendedor’

O principal objetivo desse programa é fomentar a aplicação de resultados de projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação conduzidos por doutores residentes no Estado do Rio de Janeiro em empreendimentos baseados em conhecimento científico e tecnológico.

Em 14/11/2019

FAPERJ anuncia edital de apoio à inovação nas MPMEs fluminenses

A FAPERJ lançou nesta quinta feira, 14 de novembro, em parceria com a AGERIO o Edital de Apoio à Inovação em Micro, Pequenas e Médias Empresas no Estado do Rio de Janeiro – InovAÇÃO Rio. O principal objetivo desse edital é apoiar MPMEs fluminenses através do aporte de recursos financeiros de fomento e financiamento disponibilizados por ambas as agências, visando o fortalecimento de suas atividades inovadoras.

Em 08/11/2019

Composto químico aliado na identificação dos crimes

Reunidos no sexto período da tabela períódica, os lantanídeos são elementos químicos comuns no cotidiano urbano. Dentre as suas inúmeras aplicações, esses elementos são utilizados na confecção das telas de telefones celulares, catalisadores automotivos, baterias recarregáveis, memória de computadores, tubos de microondas, dentre outras. Uma pesquisa desenvolvida no Instituto de Química da Universidade do Estado […]

Em 01/11/2019

Fundação anuncia nova chamada de 2019 do edital ‘Apoio à Organização de Eventos’

Uma segunda chamada do programa Apoio à Organização de Eventos Científicos, Tecnológicos e de Inovação no Estado do Rio de Janeiro foi anunciada nesta quinta-feira, dia 31 de outubro pela direção da FAPERJ.

Em 21/10/2019

Pesquisa avalia o ciclo do mercúrio natural e antrópico na Amazônia

Seus estudos sobre “A importância da dinâmica das áreas alagáveis para a formação de metilmercúrio na Amazônia Central” tiveram início durante o doutorado e continuaram quando ela foi contemplada no Programa Pós-Doutorado Nota 10 da Faperj de 2016.

Em 11/10/2019

Programa Startup Rio leva jogos digitais à festa do Dia das Crianças da Fundação Pró-Hemorio

A estação de jogos digitais do Startup Rio, idealizada para a festividade da Fundação Pró-Hemorio na quadra da escola, contou com tablets, celulares e laptops para as crianças, que se divertiram com os diversos games idealizados pelas startups aceleradas pelo programa.

Em 04/10/2019

Cientistas recebem termos de outorga da Faperj em evento no Museu do Amanhã

No total, serão destinados recursos superiores a R$ 55 milhões, distribuídos em bolsas mensais de R$ 3 mil a R$ 2,4 mil, durante 36 meses, a 200 Cientistas do Nosso Estado (CNE) e 158 Jovens Cientistas do Nosso Estado (JCNE).

Em 30/09/2019

Geração de novas células ganglionares da retina pode tratar o glaucoma

A pesquisa, que contou com apoio da Faperj por meio dos programas Auxílio Básico à Pesquisa (APQ 1), Pensa Rio – Apoio ao Estudo de Temas Relevantes e Estratégicos para o Estado do Rio de Janeiro, e Apoio a Projetos Temáticos no Estado do Rio de Janeiro, demonstrou em camundongos e peixes-zebra que o fator Klf4 não é essencial para geração ou diferenciação de células ganglionares da retina durante a retinogênese.